quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Exposição "Jardins Imaginários" no Instituto Jay Kamizi


Olá!

Encerrou-se a exposição-série JARDINS IMAGINÁRIOS (aquarelas e nanquins de minha autoria) no Instituto de Saúde Integrativa Jay Kamizi aqui em Guaratuba. 
O texto curatorial é de Dallwa Lobo
Originalmente esta exposição é composta por 60 obras entre aquarelas, nanquins, desenhos, telas, vídeo arte, leitura performática, objetos, postais, áudio, colagens e o lançamento do livro
JARDINS IMAGINÁRIOS NA MINHA SOLIDÃO,
poesias em português com tradução para o
espanhol, francês e inglês.
O livro será lançado ainda este semestre em uma exposição completa.
Obrigado, muito obrigado.







Sementes do amor surgem em nosso Jardim Imaginário - políptico 01 - aquarela sobre papel - 72 x 51 cm - 2014


Sementes do amor surgem em nosso Jardim Imaginário - políptico 03 - aquarela sobre papel - 72 x 51 cm - 2014


Sementes do amor surgem em nosso Jardim Imaginário - políptico 02 aquarela sobre papel - 72 x 51 cm - 2014


Sementes do amor surgem em nosso Jardim Imaginário - políptico 04 - aquarela sobre papel - 72 x 51 cm - 2014

 Sementes e flores do nosso amor, díptico 01, nanquim sobre papel, 33,5 x 51 cm,  2014


Sementes e flores do nosso amor, díptico 02, nanquim sobre papel, 33,5 x 51 cm,  2014


Sementes e flores do nosso amor, díptico 03, nanquim sobre papel, 33,5 x 51 cm,  2014


Sementes e flores do nosso amor, díptico 04, nanquim sobre papel, 33,5 x 51 cm,  2014


Falando em Luiz Arthur Montes Ribeiro... 
E suas Aquarelas...

Um artista, sempre está recomeçando, em busca de novos caminhos, pesquisando e usando das mais variadas técnicas para alcançar seus objetivos dentro das Artes Visuais.  E assim começou... Um novo caminho, uma nova busca, foi trilhado por Luiz Arthur Montes Ribeiro, acostumado até então, com obras de grandes dimensões, elaboradas em acrílica e técnicas mistas.
Foi um completo desafio, mas penetrável, uma vez que se trata de um artista que entende e percorre há muito tempo os caminhos e os processos de criação, técnicas e teorias das Artes Visuais. Paciência e determinação: duas manifestações que fazem parte da vida de um artista, levando-o sempre em busca da perfeição, mesmo que por vezes aos olhos, inexperientes de um fruidor, lhes pareçam talvez apenas algumas manchas...

Em se tratando de Arte Contemporânea, a busca de Luiz Arthur foi por etapas e fases, até atingir a dimensão estética que a arte da aquarela exige! De qualquer maneira, a Arte deve, e tem que ser sempre instigadora... Levar o público a pensar... Luiz Arthur sabe disto! Valeu a pena... Os resultados foram surpreendentes! Afloraram sobre o papel, saindo das mãos do artista, figurações e manchas que deram o “tônus” às composições: belíssimas abstrações, criadas a partir da Ecoline (aquarela líquida) e Nanquim (tinta china), com o suporte figurativo das linhas, que foram criadas, usando uma caneta e a finíssima pena Perry, aquela usada para trabalhos feitos em bico-de-pena...

Esta mostra é uma pequena parte do que já foi feito por Luiz Arthur, onde procuramos adequar as obras ao espaço, levando ao público, a ideia de que a Arte pode estar em todos os lugares: nas galerias, nas escolas, nas casas, nas ruas e nos espaços públicos para que possa ser admirada por todos! Nesta sua nova fase o artista mostra-nos alguns resultados que fazem parte de uma grande Exposição – Série “JARDINS IMAGINÁRIOS”.

Em outra curadoria que fiz para o artista, na Casa da Cultura, com a mostra “Jardins Encantados da Barra do Saí”, falei sobre a sua trajetória nas artes na poesia e a enorme contribuição cultural que a vinda deste insigne poeta e artista Luiz Arthur Montes Ribeiro, trouxe para a comunidade artística e a cidade de Guaratuba, lugar este, que ele adotou para morar e instalar o seu atelier, além das atuais e das futuras propostas culturais. Comparo este artista a uma “Máquina de Produção Cultural”...  Sempre criando, e olhando para o futuro e a expansão cultural da cidade!
Além de artista, Luiz Arthur é poeta, escritor com muitos livros editados, e embaixador Universal Pela Paz, do Círculo Universal de Embaixadores da Paz da França e Suíça.                                                                                      

Tudo começou nos Campos Gerais, em Ponta Grossa, onde iniciou as suas atividades culturais. Seguiu com a família para Curitiba, onde sempre envolvido com a cultura ocupou vários cargos, como Curador dos Projetos de Arte/ Brasil – Espanha, através da sua Embaixada e foi Conselheiro da SEC. Conta em seu currículo com dezenas de exposições em Curitiba, Rio de Janeiro, S. Paulo e Sta. Catarina. Realizou mostra na Espanha (Madrid) e na África Austral (Maputo). Morou por dois anos nos EUA/NY. Completou seus estudos em Curitiba, é pós-graduado pela FAP em Artes Visuais e Mestre em Educação pela PUC/PR. Mais tarde instalando-se em Itapoá, na Barra do Sai (SC), criou o “BISTRÔ DAS ARTES”, um micro – polo cultural, com uma bela galeria ali instalada, restaurante, de onde saíram inúmeros eventos culturais!

Falemos um pouco sobre a técnica da Aquarela e da maleabilidade do artista com a técnica...
A composição química da aquarela é muito simples: Pigmentos, goma arábica (cola), glicerina, mel e água destilada, podendo haver mais algumas modificações. As possibilidades da aquarela são muitas! Quando usadas de maneira certa, podem gerar os melhores resultados. É uma técnica de efeitos rápidos – ALLA- PRIMA... Não pode ser corrigida... Apesar da simplicidade que o meio apresenta, é uma das técnicas mais difíceis de ensinar e de aprender! Quando associada a outros materiais foge ao convencional... São muitas as possibilidades que a técnica oferece, podendo ser trabalhadas em lavados, usando apenas água, e assim, obtendo-se resultados inusitados com técnica ainda “úmida” ou “seca”...  A transparência, a suave harmonia, deixa transparecer o papel que é uma das maiores características da técnica.  Não se usa branco na aquarela...Como é uma técnica que difere totalmente das outras, não admite correções! São usados os suportes (papéis) e pincéis adequados para tanto. Se nos revela uma técnica fascinante, mas quando indiscutivelmente aliados  aos recursos e ao talento deste artista, a troca é recíproca!

Por estes meandros, vão se descobrindo novos talentos na difícil técnica, vislumbrando assim a realização e a estética das obras pretendidas!
Luiz Arthur apropriou-se da s técnicas da tinta nanquim (Staedtler), da aquarela líquida (Ecoline Talens), caneta e pena (Perry) e um simples conta-gotas! Deixou fluir abstrações com toda pureza que a técnica requer! São surpreendentes os recursos da linha, formando algumas figurações que são exploradas pelo artista, nos pequenos espaços suportes do papel (Aquarelle Montval).  São manchas que se expandem ou se retraem no espaço oferecido ao artista.

Instituto de Saúde Integrativa Jay Kaizi é o lugar escolhido, para levar ao público uma pequena mostra do grande trabalho deste artista, desenvolvido na cidade de Guaratuba e criada a partir de uma mista de aquarelas! Esta mostra é uma das muitas vertentes que o artista se nos apresenta através desta curadoria.                                                                                                                          
Estas Aquarelas que fazem parte da exposição... “JARDINS IMAGINÁRIOS”...
E vem mais por aí... A arte é infinita...
Guaratuba, Verão de 2014...

Dallwa Lobo... Graduada pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, é Artista Visual, Performer, Arte Educadora, Orientadora no Museu Alfredo Andersen, Supervisão de Arte Educação do MAC e do MAP, Curadoria (MAP)


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Convite: Mesa Literária - Domingo Cultural


Olá!

Convidamos todas e todos vocês para participarem da
MESA LITERÁRIA - DOMINGO CULTURAL - dia 1º de fevereiro.


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Convite: MESA LITERÁRIA - DOMINGO CULTURAL



Olá!
Boa noite!
Convidamos todas e todos vocês para participarem da 
MESA LITERÁRIA - DOMINGO CULTURAL dia 1º de fevereiro aqui em Guaratuba.
Artistas, Escritores, Poetas, Editoras e demais interessados entrar em contato pelo (41) 9920-7349 ou institutomontesribeiro@montesribeiro.com.br.


segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Convite - Exposição Porta-Retratos Poéticos em Morretes

Convidamos a todos e todas para visitarem a exposição e apreciarem as nossas "deliciosas" poesias.


Vale a pena conferir! 
_____________________________________________________________________________________________



Serviço:
Exposição: Porta-Retratos Poéticos
de 5 de dezembro a 31 de janeiro de 2014/2015, 
De segunda à sexta-feira das 10h às 17h, e aos sábados e domingo das 10h às 16h
Casa Rocha Pombo
Largo Dr. José Pereira, 53   -   Centro Histórico   -   Morretes  -  (41) 3462-1266