sexta-feira, 23 de junho de 2017

27 ANOS DE ARTES VISUAIS - Obras em exposição até 9 de julho de 2017

A Exposição 
27 ANOS DE ARTES VISUAIS - LUIZ ARTHUR MONTES RIBEIRO
conta com 108 obras.
Na publicação de hoje você conhecerá algumas delas.

A exposição permanecerá aberta a visitação pública até 9 de julho
no 3º Andar, Salão Brasil do Memorial de Curitiba.













quinta-feira, 22 de junho de 2017

Judet Bilibio Haschich - 27 ANOS DE ARTES VISUAIS - LUIZ ARTHUR MONTES RIBEIRO


Judet Bilibio Haschich, Cascavel - Paraná), amiga de sempre, Artista Visual e pessoa de destaque nas Artes no Paraná escreveu este texto sobre o meu trabalho em comemoração 
27 Anos de Artes Visuais.
Grato, imensamente grato.



 Luiz Artur Montes Ribeiro, artista plástico e poeta, ocupando a cadeira de número 13 da Academia de Letras do Brasil para Santa Catarina. Ousou transbordar o limite da pintura, influenciando com sua estética do movimento a literatura.

Com várias exposições no Brasil e exterior, entre elas Madri (Espanha) e Maputo (Moçambique), desenvolve um trabalho de grande valor e criatividade.S

Suas obras revelam a sensibilidade do artista que explora a cor, o movimento e a liberdade de expressão, falam de suas vivencias, declara seu amor a vida, ao ato de amar e ao mar, suas alegrias e tristezas.   

Um artista que se propôs a caminhar entre as Artes Plásticas e a literatura, de ser e fazer arte, convocando o público a estabelecer um diálogo profundo com sigo mesmo e com cada uma das obras que observa.


Judet Bilibio Haschich – Artista Visual - Cascavel

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Susane Cequinel - 27 ANOS DE ARTES VISUAIS - LUIZ ARTHUR MONTES RIBEIRO




 Susane Cequinel é Artista Visual, Orientadora e Professora.
Por algum tempo orientou-me em minha carreira artística.
Nos Anos 90 frequentamos a Pós-graduação na Faculdade Artes do Paraná - Curso de Artes Plásticas.
Grato, Susane, muito gato.



O que falar de Luiz Arthur? 

Este sensível artista, pintor e poeta que reflete na sua obra as experiências de suas ideias poéticas para assim expressar o mais puro e singelo amor pela vida.

Motivado por sua inspiração interior, suas obras tem uma trajetória pela busca pelo simples e direto, levemente ingênuo e ao mesmo tempo tão profunda na sensação que se tem de todo.

A Arte para ele é a própria vida em todos os sentidos. E ela aparece na poesia, na pintura e também na gastronomia.

Como curador presta um excelente trabalho no meio artístico, orientando colegas e oportunizando divulgações em eventos culturais.

Nesses seus 27 anos de vida artística posso dizer que o conheci desde o início, orientei e aprendi muito com ele nas oficinas de pintura que fizemos juntos e nas exposições que participamos ao longo desses anos.

A cada momento da vida Luiz Arthur se torna um artista completo, devido a própria sensibilidade no viver, o seu cotidiano vai se transformando em expressão da arte.

Susane Cequinel – Artista Visual - Curitiba

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Adelina Nishyama - 27 Anos de Artes Visuais - Luiz Arthur Montes Ribeiro

Com os amigos e competentes Artistas Visuais 
Leandro Souza e Adelina Nishyama


Luiz Arthur Montes Ribeiro

Observe as pessoas. Alguns  tem um ou dois dons; normal.

Observe outras pessoas. Poucos possuem vários dons. Mas ainda, no meio desta multidão,
temos os que têm facilidade para quase tudo. Organização mental para atuar em inúmeras
aptidões, e sensibilidade em abundância. Estes são chamados de gênios. Ah, mas vamos falar de  alguém que jamais percebi a intempestividade nos atos,  como “gênio”.

Falo de Luiz Arthur Montes Ribeiro, um “gentleman”. Falo de um amigo apaixonado. Um
profissional atuante na literatura, gastronomia, artes e poesia...estes, do hemisfério direito de seu cérebro, porque do outro lado esquerdo é também diretor de fundação, diretor executivo  de autarquias .

Então, se for demasiado falar em genialidade é no mínimo um grande líder. Na literatura e pintura, em se falando de emoções,  percebo no artista um jorrar sem censura
nas suas poesias. E como se houvesse a necessidade do equilibrar-se, Luiz Arthur consegue.

Sintetizar na arte da pintura, abstrair suas emoções, utilizar o domínio de varias técnicas e
percorrer o caminho sereno da conclusão de sentimentos. Variações que vão desde a técnica da aquarela em papéis “montval”, capta a essência em  suaves  gestos e na gentileza do “water color” até a força gestual em panos maiores da técnica da acrílica. No embate das emoções a literatura parece servir de “paciente” e a arte o “ terapeuta” que cura gentilmente as feridas da vida.

Assim, intenso e resiliente, Luiz Arthur está disposto a mais etapas e conquistas porque não perde sua essência  em momento turvos. As utiliza na arte e sobressai em todas as áreas que a vida lhe oferece. Sem medo de ser feliz!

Que venham novos desafios!

  
Adelina Nishiyama- Arquiteta e Artista Visual




terça-feira, 13 de junho de 2017

Dallwa Lobo - 27 Anos de Artes Visuais: Luiz Arthur Montes Ribeiro


Com Dallwa Lobo, em Guaratuba, recebendo dela orientação em aquarela.


LUIZ ARTHUR MONTES RIBEIRO “SENSIBILIDADE A FLOR DA PELE” 

Paisagens quase vazias, bucólicas de uma poética beirando um quase “niilismo ético,” carregadas de sensibilidade, passando do quase nada de cores, para uma vibração total!

Nesta retrospectiva, constatamos que o artista Luiz Arthur Montes Ribeiro, mostra toda a segurança de “anos de estrada” dentro das Artes Visuais. Suas composições, precisas e seguras, seguem uma linha em contraponto, criando balanceados pictóricos entre os amarelos, vermelhos, ora com as análogas ou complementares, em extensos chapados que recebem colagens, assemblages, elementos dos mais diversificados, criando situações em que leva o espectador, a querer desvendar sensações de mistério que surgem por detrás das mistas, onde o artista segue, apropriando-se de materiais inclusive do próprio corpo como na série “Sangre de mi Sangre”!... 

Tudo o que cria eclode da sua veia artística aliada a uma vida dedicada as Artes e Poesias. Ele não generaliza; cria uma unidade e dela sai para uma nova série. Por vezes se nos mostra ser dono de um certo ecletismo, dentro das mais variadas fases pelas quais sempre tem passando: para aquele que não para em suas pesquisas, nada mais natural! Passa com facilidade pelas cores e formas! Ao artista tudo lhe é permitido! Eles veem e nos ensinam a ver... Sensibilidade aliada a sua vivência! Sempre nos identificamos com as forças que organizam a nossa estrutura cerebral, comprovadas pela Gestalt! E aí uma fase é integrada a outra! É o poder de comunicação do artista. 

As instalações de Luiz Arthur são provocativas, como devem ser, modificando totalmente e desestruturando o espectador. Seguem tendências próprias, onde os complementos são materiais conhecidos, que se transformam, nas hábeis mãos do artista. Sua evolução vem desde os anos 80. Sempre acreditei no seu trabalho! No século XXI suas obras amadureceram. 

Com muita liberdade entre tantas as técnicas disponíveis, ele nos transmite segurança, gerada pelo conhecimento. Caminha com facilidade entre a figuração, abstração, também nas performances, instalações e objetos. Não se incomoda de nos mostrar entre os dois polos, e suas diferenças! 

Luiz Arthur não perde a linha construtiva! Passa tranquilamente pelas técnicas secas, até as técnicas mais apuradas. Todas as obras expostas nesta mostra, fazem parte de uma unificação não só da sua Arte, mas da sua vida! Vida esta ladeada por muitos caminhos percorridos, que se abrem ora com Jardins Floridos, ora Instalações que nos mostram elementos mais agressivos, em que o artista expõe sem nenhum constrangimento! Elas nos contam partes da sua vida, das suas dores, alegrias e amores. De Luiz Arthur Montes Ribeiro, sempre esperamos o depois... Sua Arte não tem um fim... 

DALLWA LOBO - Curitiba/Pr Artista Visual, Arte Educadora, Curadora, Performer, Formada em Pintura, Gravura e Arte Educação pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, com vários Cursos de Extensão, Exposições, Oficinas, Orientadora do Atelier de Arte do Museu Alfredo Andersen, Supervisão de Arte Educação de Museu de Arte Contemporânea do Paraná e Museu de Arte do Paraná.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Centro de Letras do Paranaguá Leôncio Correia - Poesias para um grande amor - Porta-Retratos Poéticos

Meus agradecimentos ao Centro de Letras de Paranaguá Leôncio Correia por me agraciar com o Diploma de Sócio Membro Efetivo daquela casa. Recebi o Diploma das mãos da Confreira e Professora Ana Paula.


Meus agradecimentos ao prezado amigo Confrade Ivan Lapolli Filho pelo convite que me foi feito: tanto para a Sessão de Autógrafos de Poesias para um grade amor quanto para a exposição 
Porta-Retratos Poéticos


Também agradeço a competente Confreira Presidente do Centro de Letras de Paranaguá Leôncio Correia - Gilka Borges Correia e a todos os seus pares de Diretoria que me proporcionaram muita alegria em Paranaguá, Grato, gratíssimo























terça-feira, 30 de maio de 2017

27 ANOS DE ARTES VISUAIS - LUIZ ARTHUR MONTES RIBEIRO


Olá!

Estes sãos os dias e horários das Visitas Monitoras para esta semana.

Outros dias e horários, você pode entrar em contato pelo correio eletrônico: contato@institutomontesribeiro.com.br 
ou pelos números de telefones:
3044-0234 (das 14h às 19h) - 99920-7349.

Grato, gratíssimo e que esta semana seja de PAZ e Saúde para todos nós.




sexta-feira, 12 de maio de 2017

O que está acontecendo por aí


 Além do grande número de projetos relacionados à preservação ambiental, nosso voluntariado está mobilizado, ao longo do ano, em diversas atividades sociais, de cidadania, geração de emprego e renda, formação de novas bibliotecas, inclusão digital, estruturação de novas redes comunitárias, em várias localidades.
.
Uma das mais bonitas campanhas sociais do ano (desde 2004) é o Inverno Solidário, onde muitas famílias somam seus esforços, praticando e vivendo a solidariedade, justamente nas comunidades que nos ajudam a acompanhar a situação de diversos rios e nascentes, na região metropolitana de Curitiba.
.
De maio a agosto serão realizados pelo menos oito eventos, envolvendo o Voluntariado de diversas instituições parceiras.
.
Obrigado Voluntários(as) ! Há muitos anos, deixamos de ser meros espectadores e estamos escrevendo uma bonita história - a nossa história!
.
Um agradecimento especial aos Voluntários(as) Amigos(as) do São Lourenço, Fuego Comunicação Criativa, Companheiros(as) Leão e Domadoras do Lions Clube de Curitiba Mercês e instituições parceiras nos projetos ambientais e comunitários - voluntariado sempre presente!
.
INVERNO SOLIDÁRIO 2017
"Mais forte que o frio, é a nossa solidariedade"
.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
.

As Animações de Yuri

terça-feira, 18 de abril de 2017

POESIAS PARA UM GRANDE AMOR e PORTA-RETRATOS POÉTICOS EM PARANAGUÁ


Sessão de autógrafos de POESIAS PARA UM GRANDE AMOR e abertura da exposição PORTA-RETRATOS POÉTICOS
acontece em 25 de abril da Casa Cecy de Paranaguá


Acontece neste 25 de abril, às 19h, na Casa Cecy a sessão de autógrafos do livro “Poesias para um grande amor” (Editora InVerso), e abertura da exposição “Porta-Retratos Poéticos” do poeta e escritor paranaense Luiz Arthur Montes Ribeiro.


Poesias para um grande amor
Poesias para um grande amor é uma antologia dos escritos poéticos do autor entre os anos de 2004/2015. Nestas poesias ele declara seu amor à vida, ao ato de amar e ao mar. Poeta sobre um grande amor que não volta mais; sobre as suas alegrias, tristezas e.... uma vida quase a dois. Momentos de desejos, anseios, divagações, realidade e ficção fazem parte desses escritos. 


Porta-Retratos Poéticos

Porta-Retratos Poéticos é uma exposição de poesias. Nesta versão ele apresenta 30 poesias manuscritas e colocadas em porta-retratos.  Elas são expostas em uma mesa para serem tocadas, declamadas, observadas e degustadas literaturalmente. Também é apresentado o boletim de Montes Ribeiro e suas provas mensais do 1º Ano do Primário (1966: Grupo Escolar Professor Júlio Teodorico – Ponta Grossa   Paraná), hoje Ensino Fundamental. A mostra é acompanhada pela Cesta Poética, que contém poesias para serem distribuídas aos visitantes, e pelas Sacolas de Poesias pintadas à mão sendo que cada uma contém algumas poesias da exposição.

BRAILLE
Acompanha esta exposição um livro com 30 poesias traduzidas para o BRAILLE proporcionando assim acessibilidade aos deficientes visuais.

Sobre o poeta e escritor
Luiz Arthur Montes Ribeiro começou a escrever muito cedo. Em seus primeiros anos escolares escreveu histórias e ensaios poéticos. “Com o passar do tempo comecei a escrever poesias como forma de expressar o meu amor por alguém, pela vida, pela natureza e pelo mundo em que vivo”, comenta Montes Ribeiro autor de nove livros publicados, organizador de dois catálogos de arte, e participação em várias coletâneas poéticas. Obteve prêmios em concursos de contos e poesias em Brasília (Distrito Federal) e São Paulo (São Paulo). Nasceu em Ponta Grossa. Vive e trabalha em Curitiba. Graduou-se em Letras Português/Inglês pela Universidade Tuiuti do Paraná; Pós graduou-se em Artes Plásticas pela Faculdade de Artes do Paraná e é Mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Foi o fundador do Fórum de Cultura do Paraná, Membro do Conselho Estadual de Cultura, e Membro do Conselho Estadual de Educação. Foi Curador de dois espaços de arte e cultura, e Curador da Festa Literária de Guaratuba – 2012.   Atualmente é membro efetivo do Centro de Letras do Paraná, e Diretor do Instituto Montes Ribeiro.  


Serviço:
Sessão de Autógrafos de POESIAS PARA UM GRANDE AMOR
Abertura da exposição PORTA-RETRATOS POÉTICOS
Autor: Luiz Arthur Montes Ribeiro
Data: 25 de abril de 2017
Horário: 19h
Local: Casa Cecy – Rua XV de Novembro – Setor Histórico – Paranaguá
Incentivadores: Centro de Letras de Paranaguá e Instituto Montes Ribeiro


Contatos com o Poeta e Escritor:
(41) 99920-7349


sábado, 8 de abril de 2017

27 ANOS DE ARTES VISUAIS


Em 21 de maio no 
Memorial de Curitiba
acontece a abertura da exposição:

27 ANOS DE ARTES VISUAIS 
LUIZ ARTHUR MONTES RIBEIRO

São 80 obras que contam minha trajetória nestes 27 anos de
Artista Visual Profissional.


domingo, 26 de março de 2017

Coral da Sociedade Lírica de Joinville



Coral da Sociedade Lírica de Joinville inicia suas apresentações de 2017 no dia 29 de março
Às 20h00min do próximo dia 29 de março, o Coral da Sociedade Lírica de Joinville dará início a uma série de 12 apresentações que realizará neste ano de 2017. Em todas essas ocasiões, o coro mais antigo da Cidade se apresentará de forma gratuita e abertas à comunidade joinvilense. Isso só é possível graças ao patrocínio das empresas locais Allflex e Fremax através da Lei Rouanet de incentivo fiscal à Cultura.
A apresentação do dia 29 de março abrilhantará a já tradicional noite da Kneipe alemã, que ocorre toda última quarta-feira do mês na sede da Sociedade Cultural Lírica (rua Max Colin, 1.483, em Joinville). “Venha ouvir as belas canções do mais antigo coral de Joinville, além de saborear comidas típicas e prestigiar outras atrações”, convida o maestro Rafael Daniel Huch, regente do grupo de vozes.

Sobre o Coral da Sociedade Lírica de Joinville
Dezesseis amigos, alguns com conhecimento musica, fundaram o “Gesangverein Liederkranz” (literalmente, “Associação de Canto Coroa de Canções”) no dia 10 de junho de 1922. Eles tinham certeza de que as gerações futuras se responsabilizariam pela preservação dos costumes de se reunir em grupos para interpretar belas melodias compostas pelos mestres da música.
Passados 90 anos, a Lírica (como é conhecida) mantém um quadro de associados que valoriza a preservação da Cultura e o Trabalho de pessoas comprometidas com o ideal de levar adiante os objetivos da instituição.

SERVIÇO:
O quê: 1ª apresentação do Coral da Sociedade Lírica de Joinville em 2017;
Quando: dia 29 de março, às 20h00min;
Onde: na sede da Sociedade Cultural Lírica (rua Max Colin, 1.483, em Joinville);
Quanto: gratuito e aberto à comunidade joinvilense.


--
Thiago Gusso
Assessor de Imprensa
Gusso Comunicação

POESIAS PARA UM GRANDE AMOR - Editora InVerso

Olá!

Você pode adquirir o livro POESIAS PARA UM GRANDE AMOR diretamente com a Editora InVerso:

http://www.editorainverso.com.br/produto/poesias-para-um-grande-amor/



terça-feira, 21 de março de 2017

Biblioteca Carolina Vaz Ribeiro

Estamos fazendo a campanha para doação de livros, gibis, revistas e jogos para a formação da 
Biblioteca Carolina Vaz Ribeiro, na 
Escola Rural de Ensino Fundamental Arthur Antunes Ribeiro, no município de Reserva, Paraná. 


Livros doados pela Professora Mirian Brasil

Com as revistas doadas por Francisco Souto Neto.


Com Suzi Montserrat


Com Luhana Paula Cogo Salata


Com Karuna


Com Irmã Cida


Com Suzimeri Garbuio


 Com Jay Kamizi


Com Simone Garbuio